30 de setembro de 2008

JOSE INGENIEROS (1877-1925)

A honestidade é uma imitação; a virtude é uma originalidade. Somente os virtuosos possuem talento moral, e, qualquer ascensão na busca do mais perfeito é obra deles; o rebanho limita-se a seguir suas pegadas, incorporando na honestidade banal aquilo que foi, antes, virtude de poucos. E sempre rebaixando.
O conhecido autor de O Homem Medíocre, na realidade, o resumo de um curso para a Cátedra de Psicologia em Filosofia e Letras, uma obra à parte dentro da retórica de Ingenieros, e um marco em suas formas e intenções, onde ele aborda a psicologia da mediocridade exposta em um tratado que estigmatiza a rotina, a hipocrisia e o servilismo, retratando impiedosamente as características do homem inferior. Sua Criminologia também é notável, especialmente pela expressividade.
Principais Obras1. "Simulación de la locura en la lucha por la vida" (1903)
2. "Criminología" (1907)
3. "Sociología argentina" (1908)
4. "Principios de psicología genética" (1911), considerado o primeiro livro pedagógico da disciplina 5. "El hombre mediocre" (1913)
6. "Hacia una moral sin dogmas: lecciones sobre Emerson y el eticismo" (1917)
7."Proposiciones relativas al porvenir de la filosofía" (1918)
8. "La evolución de las ideas argentinas" (1918)
9. "Los tiempos nuevos" (1921)
10. "Las fuerzas morales" (1922)
11. "Archivos de Psiquiatria y Criminologia", vol. XII,(1902 a 1913)
12. Estudios clínicos sobre la histeria y la sugestión
13. La Psicopatologia en el Arte
14. La Simulacion de la Locura
15. Nueva classificación de los delincuentes
16. Patologia del lenguage musical