16 de outubro de 2009

O Acróstico ISRAEL

I de Jacó e Isaac
S de Sara
R de Raquel e Rebeca
A de Abraão
E
L de Lea

Na língua hebraica, a palavra ISRAEL compõe-se de apenas cinco letras.

12 de outubro de 2009

Parecido não é igual

Gilles Deleuze disse bem. Ele, como Nietzsche, gostava de pensar que a tarefa da filosofia era combater a estupidez, definida esta última como a pretensão de reduzir as diferenças ao semelhante e o singular ao categorizável.

11 de outubro de 2009

Lluvia

hoy llueve mucho, mucho,
y pareciera que están lavando el mundo.
mi vecino de al lado mira la lluvia
y piensa escribir una carta de amor/
una carta a la mujer que vive con él
y le cocina y le lava la ropa y hace el amor con él
y se parece a su sombra/
mi vecino nunca le dice palabras de amor a la mujer/
entra a la casa por la ventana y no por la puerta/
por una puerta se entra a muchos sitios/
al trabajo, al cuartel, a la cárcel,
a todos los edificios del mundo/
pero no al mundo/
ni a una mujer/ni al alma/
es decir/a ese cajón o nave o lluvia que llamamos así/
como hoy/que llueve mucho/
y me cuesta escribir la palabra amor/
porque el amor es una cosa y la palabra amor es otra cosa/
y sólo el alma sabe dónde las dos se encuentran/
y cuándo/y cómo/
pero el alma qué puede explicar/
por eso mi vecino tiene tormentas en la boca/
palabras que naufragan/
palabras que no saben que hay sol porque nacen y mueren la misma noche en que amó/
y dejan cartas en el pensamiento que él nunca escribirá/
como el silencio que hay entre dos rosas/
o como yo/que escribo palabras para volver
a mi vecino que mira la lluvia/
a la lluvia/
a mi corazón desterrado/

Juan Gelman

Aí tem 38 segundos da minha chuva para vocês.

9 de outubro de 2009

A Outra

Mas eu te entendo, sim. É que deve te doer, bem ali, na vaidade. Com certeza, deve te doer fininho, sim, e bem lá no fundo, saber que nenhum significado mais possuis, e que te restam agora apenas esses cordões para puxar, mesmo assim, a romperem-se um a um, nada mais existindo ali para te apossares, as zonas de pressão, que antes tinham algum efeito, a se fazerem insensíveis à tua presença, cada vez mais redundante e incômoda. Noites de solidão, dias de solidão, manhãs, tardes e noites. Os olhares de simpatia, no máximo, onde se pode ler piedade. E o tempo passando. Conspiras, povoas o imaginário de amigos com pedidos sub-reptícios de ajuda e apoio. Indisfarçável o teu despeito. Repetes para ti mesma essas frases do tipo dar a volta por cima, autoconfiança, coragem, valeu a pena, mas... Mas. O espelho que te mostra outra pessoa, que aparece apenas em preto e branco. Como tua vida, que antes tinha alguma cor, embora pouca. Há quem viva de pouco, de esmolas, de conformidade. Consciência de quem nunca teve a medida do que sempre deu, e vive de adiar as despedidas. Triste, muito triste ser infeliz. Dá pra entender, sim. Eu te entendo. Anos e anos, décadas de dedicação e fidelidade à sombra de um cão, e ouvidos surdos ao teu desesperado ne me quitte pas. Tanto que até essas minhas palavras estão aqui, todas para ti, e todas a fazerem eco nesse teu imenso vazio.
Extraído do conto A Outra

7 de outubro de 2009

""maristela bleggi tomasini""

Realmente é muita persistência alguém se dar ao trabalho de, todo santo dia, colocar entre aspas estas letras todas no mecanismo de busca do Google, iniciando por minúsculas, com toda exatidão, sempre desse jeito, para passear na Web e entrar nos blogs e outros apontamentos ali vinculados a esse nome. Um visitante (ou uma visitante) persistente, que fica pouquíssimo tempo, mas que infalivelmente vem até aqui. Usa o navegador Chrome e conecta de São Paulo. Não sei se acha aqui alguma coisa que tenha perdido, mas me lisonjeia bastante essa sua obstinação de quem acredita no procurai e achareis. Acha, mas se faz descobrir também.

mestredoimaginario.blogspot.com/
Keyword:
"maristela bleggi tomasini"
Oct 6, 2009 - Oct 6, 2009
""maristela bleggi tomasini"" sent 1 total visits via 1 cities
Site Usage

Persistente, você, hem?

""maristela bleggi tomasini"" sent 1 total visits via 1 cities